Mostra expõe fim trágico de estrelas de Hollywood

Criado por Debora Hirsch e Iaia Filiberti, Framed – Ida e Volta reúne 100 atrizes que provaram sucesso em Hollywood, mas não tiveram final feliz na vida real

Loretta Young, nascida em 1913, ganhou o Oscar de Melhor Atriz Protagonista no filme ‘The Framer’s Daughter’; 1 casamento; 1 filha com o casado Clark Gable; deu a filha em adoção para evitar o escândalo e depois adotou a própria filha. Somente contou que era sua mãe legítima uma semana antes de morrer.

Thelma Todd, nascida em 1905; Calçada da Fama; 1 casamento; 1 divórcio; existe um mistério com relação à sua morte: suicídio ou assassinato pela máfia.

Gene Tierney, nascida em 1920; ganhou o Golden Globe como melhor atriz no filme ‘Laura’; Calçada da Fama; 2 casamentos; 1 divorcio; 2 crianças, a primeira nasceu retardada; o rosto ‘mais belo de Hollywood’; teve casos com Kennedy. Oleg Cassini, entre outros. Sofreu de bipolaridade e depressão suicida.

Jean Seberg, nascida em 1938; francesa; nominada a melhor atriz no Golden Globe pelo filme ‘Lilith’; 4 casamentos; 3 divórcios; 1 criança; perseguida pelo FBI por suspeita de ligação com os Black Panthers; aparentemente se suicida aos 41 anos.

Lupe Velez, nascida em 1908; Calçada da Fama; amante de Gary Cooper; 1 casamento; 1 divórcio; 1 filho; se suicida quando fica grávida de um jovem ator casado; o suicídio foi meticulosamente planejado e realizado para ser um show.

 

As artistas Debora Hirsch e a Iaia Filiberti ocasionalmente encontraram uma coleção de figurinhas com imagens de atrizes de Hollywood dos anos 20-50 e acabaram por mergulhar juntas num projeto de reconstrução da vida daquelas estrelas. O trabalho resultou numa descoberta de fins de vida trágicos para muitas delas. A pesquisa virou livro e agora exposição. Batizada de Framed – Ida e volta, a montagem traz ao MuBE textos juntos às imagens que falam de nascimento, morte, sucesso, doenças, estrelato e tragédia. A mostra fica em cartaz de 4 a 28 de abril.

A mostra será composta de um vídeo de 30 minutos, quinze imagens fotográficas com intervenções artísticas e 100 “fichas técnicas” de atrizes que provaram sucesso em Hollywood, venceram Oscar, Golden Globe dentre outros prêmios. Participaram em filmes importantes contracenando com mitos, estiveram no topo – mesmo que às vezes somente por um breve período de tempo – e perderam esse sucesso. Poucas conseguiram viver bem depois da decaída. Quase 30% delas se suicidaram, inúmeros foram os casos de envolvimento com álcool e drogas, pobreza, doenças mentais e depressão foram alguns dos desprazeres experimentados pelas estrelas.

No vídeo, Debora Hirsch e Iaia Filiberti tiram essas atrizes da condição estática de esquecimento em que se encontram e fazem novamente delas imagem em movimento por um momento breve, suficiente para resumir uma vida inteira até o momento em que esses rostos tornam-se novamente congelados.

Framed – Ida e Volta

MuBE – Museu Brasileiro da Escultura

Vernissage, 3 de abril. Ao público de 4 a 28 de Abril.

Entrada gratuita.

Endereço: Av. Europa, 218. São Paulo

Informações: 11 2594-2601, mube@mube.art.br

Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 10h às 19h

image001

 

divulgação

~ por EVANDRO NICHETTI em março 21, 2013.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: