DIRETO DE SANTOS !!!…Lena Roque apresenta comédia sobre as loucuras de amor

“Louca de Amor – Quase Surtada” estréia no Teatro Guarany, em Santos

 

Mulher solteira e bem-sucedida procura desesperadamente o homem perfeito. As contradições da mulher moderna – bem resolvida profissionalmente, mas na busca eterna pelo par ideal – são o tema da peça “Louca de Amor – Quase Surtada”. O monólogo cômico, adaptado e interpretado por Lena Roque, estréia nesta sexta-feira (26/04) no Teatro Guarany, em Santos, litoral Sul de São Paulo. Os momentos que antecedem um jantar romântico, com suas inseguranças, expectativas, incertezas, ciúmes, o fantasma do “ex” e o dilema de ligar ou não ligar no dia seguinte se transformam em matéria-prima para o riso.

 

 

O espetáculo é baseado no livro “Confissões de uma Louca de Amor”, publicado em 2010, pela jornalista e escritora santista Viviane Pereira. A peça, que tem codireção, figurino e visagismo de Anderson Bueno, revela de forma bem-humorada pensamentos que permeiam o imaginário feminino antes do primeiro encontro. A história gira em torno de Helena, uma mulher moderna, inteligente, economicamente independente e também ligeiramente “surtada. Ela vive buscando o par ideal e acredita que um jantar romântico poderá mudar sua vida. Nessa busca por um companheiro, um rolo ou simplesmente um ficante, ela usa todos os artifícios. Depois de muitas frustrações, busca apoio especializado para tentar resgatar o autocontrole e o seu lado “mulher fênix”, que renasce a cada nova relação. Para isso, frequenta as reuniões do MULODAA (Mulheres Loucas de Amor Quase Anônimas), cujo lema, ao final de cada encontro, é “paz e serenidade. Só por hoje, eu não procurei nenhum homem”.

 

Com 25 anos de carreira, Lena Roque encara o desafio de estrear um monólogo, em espetáculo escrito por ela. Uma Helena que representa inúmeras facetas femininas e que também rotula vários perfis masculinos perigosíssimos para uma “louca de amor”. Lá estão: “o carente emocional” (que liga 20 vezes e tem ciúme até de ator de filme iraniano), o “homem plus” (globalizado, divertido, toca instrumento e pilota até avião, mas que não se apaixona por ninguém, só por ele mesmo) ou o “homem barranco”, que adora se “encostar” em uma mulher estabilizada. “Helena encarna a ambiguidade de muitas mulheres, o que torna a personagem instigante, divertida e ‘quase surtada’”, explica Lena Roque. Com linguagem contemporânea, o monólogo centra suas forças no texto e na interpretação. A montagem opta por uma iluminação realista e cenário minimalista, simples, mas funcional. A trilha sonora, inclusive a canção-tema, foi composta por Ricardo Severo especialmente para o espetáculo. A música, interpretada por Fafy Siqueira, pontua e atribui maior comicidade às cenas.

 

 

Unindo técnica e talento em 20 anos de carreira, Anderson Bueno é um dos principais beauty artists do Brasil, especialista na maquiagem para o teatro, musicais e óperas. Dentre seus clientes famosos, destacam-se nomes nacionais (Claudia Leitte, Marília Gabriela e Marília Pêra) e internacionais (os atores americanos Patrick Dempsey e John Malkovich e a cantora, cineasta e artista plástica japonesa Yoko Ono). Pela primeira vez, Anderson assina a direção artística de um espetáculo e também o figurino – que vai do body sensual de Helena à camisa de força cor de rosa, passando ainda por uma burca, para fazer a “vigilância de território” e checar se o namorado está a traindo ou não. “O objetivo é que o público divirta-se, reflita e identifique-se com as loucuras de amor da personagem. Um amor quase surtado, mas que no fundo é puro e verdadeiro em seu teor único de ser”, explica o diretor Anderson Bueno. Entre risos e revelações, o espetáculo convida o espectador a refletir sobre as delícias e loucuras de amar.

 

 

Sobre Lena Roque:

 

Aos 45 anos, a paulistana Lena Roque é uma atriz reconhecida pela versatilidade e veia cômica. Formada em Artes Cênicas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), tem 24 anos de carreira, com trabalhos em cinema, teatro, teatro de máscaras (comédia dell’arte, clown), teatro de rua e TV. A atriz se notabilizou nos palcos em espetáculos como “Domésticas” (direção de Renata Melo), “Dúvida” (direção de Bruno Barreto) e “Frenesi” (direção de Naum Alves de Souza). No cinema, atuou nos filmes “Domésticas” (Fernando Meirelles e Nando Olival), “Quanto Vale ou é por Quilo”? (Sergio Bianchi). Na televisão, Lena participou de novelas da Record (“Essas Mulheres”), SBT (“Pícara Sonhadora”) e Globo (“Sete Pecados”). Arte educadora, ministra oficinas de teatro e de preparação de atores.

 

 

Ficha técnica:

Concepção, Interpretação e Texto Lena Roque

Codireção, Figurino e Visagismo Anderson Bueno

Trilha Sonora Ricardo Severo

Cenário Laura Carone

Iluminação Ricardo Bueno

Direção de Movimento Jorge Luiz Balbyns

Direção de Produção Cássio Reis

Realização Phoenix e La Rô Produções Artísticas

 

Serviço:

 

Louca de Amor – Quase Surtada. Adaptação do livro de Viviane Pereira.

Direção de Anderson Bueno e Lena Roque.

 

Temporada: Dias 26, 27 e 28/04/13

Local: Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 – Centro Histórico – Santos – SP)

Horário: Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h

Informações: 12 3219-3828

Ingressos: R$ 40

Censura: 14 anos

Capacidade: 350 lugares, com acessibilidade (rampa de acesso, banheiros e elevadores)

Duração: 60 minutos

Gênero: Comédia

Vendas para grupos: 11-5072-8251

Estréia: 26/04/13

a atriz lena roque-crédito caio gallutti_bx cartaz do espetáculo

 

fotos : Caio Gallutti/divulgação

 

~ por EVANDRO NICHETTI em abril 24, 2013.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: